Afastada por corrupção, Paula da Pindoba se compara a Lula e induz que Ministério Público e TJ-MA são golpistas

Afastada por corrupção, Paula da Pindoba se compara a Lula e induz que Ministério Público e TJ-MA são golpistas

Vivendo em mundo paralelo desde que foi afastada do cargo por decisão judicial acusada de corrupção, a prefeita do município de Paço do Lumia, Maria Paula Azevedo Desterro, popularmente conhecida como “Paula da Pindoba”, do PCdoB, gravou um vídeo (assista acima) nesta quinta-feira (06) e atacou o Ministério Público e o Tribunal de Justiça do Maranhão.

Paula diz que seu afastamento é um “golpe”, mas não detalha que tipo de “golpe”. E sem especificar, a prefeita afastada acabar por investir contra o trabalho do Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas) do Ministério Público do Maranhão, que pediu seu afastamento à justiça sob acusação de desvio de recursos públicos e corrupção.

Para além de atacar o Gaeco, a prefeita também atinge em cheio o Tribunal de Justiça do Maranhão, pois foi exatamente uma Desembargadora do TJ-MA, Maria da Graça Peres Soares Amorim, que diante das provas robustas, determinou o afastamento de Paula da Pindoba do cargo por 50 dias.

E, é bom que se diga, Graça Amorim, optou em não acatar o pedido de prisão da prefeita formulado pelo MP-MA.

Ainda conforme o vídeo, Paula chega a ter uma espécie de surto ao afirmar: “o povo está comigo”. Ao contrário da verborragia da prefeita afastada por corrupção, ela amarga os maiores índices de rejeição da histórica de Paço do Lumiar, em número que se aproximam de 70% da recusa popular.

Para completar o delírio de Pindoba, em determinado momento do vídeo, ela chega a se comparar com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

E finalizando, Maria Paula Azevedo Desterro cita um movimento que só existe na cabeça dela, feita por funcionárias da prefeita intitulado “golpe não”.

O comportamento de Paula seria pura abstinência do poder?!

Via Domingos Costa